Gambozino é uma animal imaginário.
Andar aos gambozinos, significa andar à toa, vaguear, vadiar, vagabundear.
É isto que eu prendendo: vaguear por vários assuntos, vários lugares, ao correr da imaginação e da disposição.

domingo, 15 de novembro de 2009

Lugares

Não se trata apenas de mudar de lugar. É evidente que os contrastes são grandes, não apenas pelas características físicas que diferenciam uma pequena vila do interior alentejano da cidade grande. É sobretudo pelas relações que as pessoas estabelecem que encontro as grandes diferenças. Da exposição permanente e do escrutínio acerca de comportamento e atitudes, ao anonimato total ou parcial que proporciona um sentimento de liberdade. Da possibilidade de usufruir de meios que uma grande cidade proporciona. Até de ouvir estações de rádio que não chegam ao interior...

1 comentário:

camionista disse...

Nesse sentido, o espaço aberto é muito mais sufocante.

Paradoxo, ou talvez não...