Gambozino é uma animal imaginário.
Andar aos gambozinos, significa andar à toa, vaguear, vadiar, vagabundear.
É isto que eu prendendo: vaguear por vários assuntos, vários lugares, ao correr da imaginação e da disposição.

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Barbearia

Há profissões que tendem a desaparecer. E com os profissionais, desaparecem também alguns estabelecimentos de prestação de serviços. Isto acontece com a profissão de barbeiro e com as barbearias.
Encontrar uma barbearia equipada à antiga é hoje uma raridade. Descobri uma em Pavia, no concelho de Mora. Ia andando pela rua quando me surgiu esta autêntica preciosidade. O barbeiro, já de idade avançada, respondeu amávelmente ao meu pedido para fotografar a sua oficina, onde nada falta. Até a tendência clubística do proprietário que exibe, em lugar de destaque, emblemas, faixas e fotos das equipas de futebol do seu Sporting.
Parece-me que seria importante que as autarquias mantivessem estes relíquias que ilustram a vida do passado, se possível, no lugar onde elas desempenharam um indispensável papel social.

Foto: Pavia, concelho de Mora

2 comentários:

camponês disse...

Podiam ser utilizadas como museu...

já agora visite www.campomaiorjovem.blogspot.com

Júlia Galego disse...

Camponês
Mas um museu em que a barbearia estivesse no próprio local. Seria a situação mais interessante.
Já visitei o vosso blogue e achei interessante que jovens tenham a iniciativa de intervirem escrevendo os seus pontos de vista sobre a vida da vila e, eventualmente, sobre outros temas. Desejo-vos muito sucesso.