Gambozino é uma animal imaginário.
Andar aos gambozinos, significa andar à toa, vaguear, vadiar, vagabundear.
É isto que eu prendendo: vaguear por vários assuntos, vários lugares, ao correr da imaginação e da disposição.

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Soneto de fidelidade

De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei-de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.

Vinícius de Moraes

2 comentários:

daplanicie disse...

Uma linda homenagem ao amor, que é a coisa mais maravilhosa do MUndo!
Beijinho

Júlia Galego disse...

daplanície
Uma netamiga brasileira mandou-me um livrinho de poemas que é uma maravilha. Este é muito bonito.
Beijinho e agradeço a tua visita a este meu cantinho
Beijinho