Gambozino é uma animal imaginário.
Andar aos gambozinos, significa andar à toa, vaguear, vadiar, vagabundear.
É isto que eu prendendo: vaguear por vários assuntos, vários lugares, ao correr da imaginação e da disposição.

domingo, 1 de junho de 2008

Pirilampos

Quando a noite
vem baixando,
nas várzeas ao lusco-fusco
e na penumbra das moitas
e na sombra erma dos campos,
piscam piscam pirilampos.

São pirilampos ariscos
que acendem piscas-piscando
as suas verdes lanternas,
ou são claros olhos verdes
de menininhos travessos,
verdes olhos semitontos,
semitontos mas acesos
que estão lutando com o sono?

Henriqueta Lisboa

(No Dia da Criança, este poema de que gosto particularmente)

3 comentários:

Estrela do Sul disse...

K lindo. Bem lembrado homenagear esses seres tao engraçados.

Uma linda semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

Júlia Galego disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Júlia Galego disse...

Quando não se tem capacidade, como eu, para "brincar" com as palavras e construir poemas, pedem-se emprestados. Gosto muito da poesia de Henriqueta Lisboa que conheci através de uma amiga brasileira.
Bj